Banco de Portugal ordenou inspeção a banco de Isabel dos Santos

O Eurobic está a ser alvo de uma inspeção pelo supervisor bancário por suspeitas de branqueamento de capitais, adianta a TVI.

Foi no final de 2019, antes da justiça angolana ordenar o arresto de bens de Isabel dos Santos, que o Banco de Portugal abriu uma inspeção por branqueamento de capitais ao Eurobic, banco português cuja maior acionista é a empresária angolana Isabel dos Santos. A informação foi avançada esta sexta-feira no programa "Primeira Mão", espaço do jornalista Pedro Santos Guerreiro, na TVI24.

Segundo a investigação do programa de informação, já não é a primeira inspeção ao banco. Houve outra realizada em 2015, que determinou a recomendação de mecanismos que agora estão a ser verificados. Esta decisão recente do Banco de Portugal acabou por coincidir no tempo com as medidas em que a justiça angolana ordenou o arresto de bens e o congelamento de contas de Isabel dos Santos.

A TVI24 também avançou que a equipa de investigação angolana colocou em cima da mesa a possibilidade de requerer o congelamento de contas de Isabel dos Santos em Portugal. É explicado que este cenário implica que o pedido terá de ser feito à justiça portuguesa, com o Banco de Portugal a ser um mero executor da decisão.

Em causa no processo judicial que corre em Luanda está saber se Isabel dos Santos lesou o Estado de Angola, num total de mil milhões de euros, como estimam os investigadores angolanos.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG