Vestido do "Happy Birthday" a Kennedy está à venda

A atuação no evento de angariação de fundos dos democratas foi uma das últimas aparições públicas de Marilyn Monroe

A atuação é icónica: Marilyn Monroe entra em palco, é apresentada pelo ator Peter Lawford, cunhado de John F. Kennedy, tira o casaco e revela um vestido tom de pele coberto de lantejoulas; depois começa a sussurrar uma das versões mais sexys de sempre da canção "Happy Birthday", endereçada ao "Mr. President".

Hoje sobram os vídeos e o vestido com que a atriz encantou Madison Square Garden e que irá agora ser novamente vendido. A Julien's Auctions vai levar o vestido a leilão a 17 de novembro, em Los Angeles, e espera conseguir qualquer coisa como dois a três milhões de dólares (de 1,7 a 2,6 milhões de euros).

A impressão de que o vestido foi feito para Marilyn foi conseguida com uma atenção especial: parte foi cosida com o fato já vestido. O vestido, que custou cerca de 12 mil dólares a Marilyn, foi vendido em 1999 por 1,27 milhões.

A atuação no evento de angariação de fundos dos democratas foi uma das últimas aparições públicas de Marilyn Monroe, que morreria três meses depois, aos 35 anos, de overdose. Kennedy seria assassinado um ano depois, em Dallas, aos 46.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG