Taylor Swift é a mulher mais bem paga da indústria musical

Cantora e compositora de 26 anos lidera a lista das mulheres mais bem pagas da música nos últimos 12 meses. Ranking elaborado pela "Forbes" inclui ainda nomes como Adele, Beyoncé, Rihanna e Jennifer Lopez

Mesmo num ano que não lhe foi propriamente favorável (o nome dela esteve envolvido polémicas com Kim Kardashian, Kanye West e o com o ex-namorado, o dj Calvin Harris), Taylor Swift segue caminho no domínio da indústria musical mundial.

De acordo com o ranking divulgado pela revista norte-americana Forbes, Swift acumulou, nos últimos 12 meses, 170 milhões de dólares (153 milhões de euros). Além das vendas do seu mais recente álbum, 1989, a parte mais significativa dos ganhos de Taylor Swift provem da digressão mundial 1989 World Tour que começou em maio de 2015 e terminou em dezembro passado.

A intérprete de êxitos como Shake it off e Wildest Dreams tem assegurado também vários contratos publicitários com marcas como a Keds, Diet Coke e Apple.

Em segundo lugar da tabela está a britânica Adele, que faturou 72,6 milhões de euros nos últimos 12 meses. A cantora de 28 anos está atualmente em digressão e, no final do ano passado, lançou o álbum 25, o mais vendido de 2015.

Percorra a galeria, descubra quem são as 10 mulheres mais bem pagas da indústria musical e quanto ganharam no último ano.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG