Se depender de Emma Thompson, o Reino Unido continua na UE

"Seria uma loucura sair da União Europeia", disse a atriz, que se sente mais europeia do que britânica

Emma Thompson já tem bem definida a sua intenção de voto no referendo sobre a manutenção do Reino Unido na União Europeia, que poderá realizar-se antes do verão. Questionada por uma jornalista sobre o assunto durante o Festival de Cinema de Berlim, a atriz britânica respondeu de forma direta. "Claro que vou votar pela permanência, seria uma loucura sair da União Europeia. Sinto-me mais europeia do que britânica".

Justificando a sua posição numa tema que tem dividido opiniões no Reino Unido, a estrela de Hollywood considerou: "Deveríamos estar a eliminar fronteiras e não a voltar a levantá-las". Recorrendo ao seu humor ácido, a atriz qualificou o Reino Unido como "uma ilha velha e cinzenta".

As declarações de Emma Thompson não caíram bem junto dos eurocéticos. "É dececionante ver uma estrela de Hollywood a deitar o nosso país abaixo. Somos muito mais do que isso", sublinhou Daniel Hannan, do partido Conservador.

Ao contrário de Emma Thompson, o ator Michael Caine mostra-se contra a permanência do Reino Unido na União Europeia. "A menos que haja mudanças significativas, deveríamos sair da União Europeia", justificou.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG