Quanto mais Jennifer Lawrence sobe, mais são as suas quedas

Desde 2013 que a atriz é recordada não só pelos filmes mas também pelos tropeções que protagoniza

A questão já se coloca um pouco por todo o lado: Jennifer Lawrence fará, ou não, de propósito? Independentemente da resposta encontrada - e até agora nenhuma é dada como verdadeira -, o certo é que a atriz norte-americana voltou esta semana a dar de caras... com o chão. Desta fez, a queda que protagonizou aconteceu na antestreia do último capítulo da saga The Hunger Games, em Madrid.

Lawrence tem apenas 25 anos, mas não é inexperiente no que toca a passadeiras vermelhas e eventos com as grandes estrelas da meca do cinema. Principalmente porque é nessas ocasiões que acontece o inesperado. Como o que aconteceu (novamente) no início desta semana na capital espanhola, a intérprete provou que, apesar do hábito aos holofotes da fama, ainda não está adaptada aos vestidos de gala e aos saltos altos. Com um modelo preto da Ralph Lauren, Jennifer tropeçou ao subir os degraus do cinema Kinépolis. E, sim, teve (também novamente) de ser ajudada a erguer-se. Acabou por seguir caminho, como se nada se tivesse passado.

A tradição remonta a 2013, na gala de entrega dos Óscares - ano em que levou para casa a estatueta de Melhor Atriz Principal. Nessa altura, um degrau da escadaria que dava acesso ao palco do Dolby Theatre, em Los Angeles, traiu a atriz. Um momento que se tornou viral. E inesquecível. Até porque no ano seguinte, exatamente na mesma cerimónia e exatamente no mesmo teatro, a cena voltou a repetir-se. A diferença? Desta vez, aconteceu na passadeira vermelha. "Se ganhares o Óscar este ano, vou levar a estatueta até ao teu lugar, pode ser?", brincou Ellen Degeneres nesta gala.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG