Joan Rivers tinha lista de pessoas que gostava que morressem num avião

A filha da malograda humorista revela no seu livro de memórias que a mãe tinha uma lista denominada Death Flight 5000, na qual constavam nomes de pessoas com quem se incompatibilizava.

Joan Rivers morreu no passado verão, aos 81 anos, mas continua a ser notícia. Desta vez foi a própria filha, Melissa, que fez uma revelação surpreendente sobre a mulher que ficou conhecida como a "polícia da moda". Segundo Melissa, a comediante tinha uma lista de pessoas que gostava que morressem num desastre aéreo.

A confissão foi feita no livro de memórias que escreveu sobre Joan Rivers, no qual é descrito que a humorista tinha em mente uma série de nomes que englobava na lista Death Fight 5000. Ainda assim, Melissa não revelou quem eram as pessoas que a mãe gostaria que estivessem a bordo de um avião que se despenhasse.

No mesmo livro, Melissa revelou ainda que Joan Rivers realizou um total de 348 tratamentos e cirurgias estéticas durante a sua vida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG