Kris Jenner recorda assalto a Kim em Paris: "Foi devastador"

A mãe de Kim Kardashian recordou o assalto à mão armada de que foi alvo a empresária em Paris, em outubro. "Mudou a forma como vivemos as nossas vidas", disse

Kris Jenner foi uma das mais recentes convidadas de Ellen DeGeneres no seu talk show e recordou com angústia o assalto à mão armada de que foi alvo uma das filhas, Kim Kardashian, em Paris, e que resultou num prejuízo de quase 10 milhões de euros em joias.

"Foi devastador", começou por explicar a matriarca do clã Kardashian/Jenner, adiantando que o caso será incluído num dos episódios da nova temporada do reality show Keeping Up With The Kardashians. "É marcante ouvi-la contar a história [no programa]. Foi algo que mudou a forma como vivemos as nossas vidas e tomamos conta das crianças. Tem sido um processo", explica Kris.

Jenner disse ainda a Ellen DeGeneres: "Estava a ver um pouco do episódio em questão e estava a chorar. Nem sequer consegui ver tudo. Foi um período muito triste, ver algo tão horrível acontecer a alguém que tu amas tanto. Sinto-me sufocada sempre que penso nisso", frisou a empresária norte-americana. O assalto aconteceu em outubro de 2016, quando Kim Kardashian estava em Paris para a Semana da Moda.

Na entrevista no talk show, a mãe de Kim Kardashian revelou também que, pela primeira vez, está a viver sozinha, uma vez que todas as filhas já têm a própria casa. Ainda assim, Kris conta: "Estou sozinha mas há sempre elementos da família a entrar e a sair, especialmente os meus netos. Gostamos de dar grandes passeios, é divertido".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG