Jodie Foster ouviu cantar o fado em Alfama

A atriz norte-americana passeou-se pelas ruas de Lisboa e visitou lojas locais

Jodie Foster está em Portugal para participar na inauguração da exposição da mulher, a fotógrafa Alexandra Hedison. O casal tem aproveitado para passear pelas ruas de Lisboa e também de Cascais, onde a mostra se inaugura esta tarde, no Centro Cultural da vila, e onde estará patente até 8 de janeiro do próximo ano.

Depois de terem assistido ao espetáculo que o brasileiro Ney Matogrosso deu na terça-feira, dia 4, no Casino Estoril, Foster e Hedison renderam-se aos encantos da Lisboa antiga. Passaram, entre outras, pela casa de fados Parreirinha de Alfama, por onde já passaram vozes como Amália Rodrigues, Lucília do Carmo, Alfredo Marceneiro, Berta Cardoso, Tristão da Silva, Celeste Rodrigues, Maria da Fé e Beatriz da Conceição. "Hoje, na Parreirinha de Alfama, tivemos a visita da atriz Jodie Foster", lê-se na página oficial do estabelecimento, que publicou uma imagem da intérprete de filmes como Taxi Driver, O Silêncio dos Inocentes ou Contacto.

Jodie Foster junta-se ao grupo de celebridades que têm o nosso país como um dos seus destinos de eleição. Recorde-se que no início de julho foi a vez de Harrison Ford e a mulher, Calista Flockhart, visitarem Portugal. Já em maio o ator Eddie Redmayne, vencedor de um Óscar pelo seu desempenho em A Teoria de Tudo, passou pela nossa capital.

Exclusivos

Premium

Contramão na autoestrada

Concessionárias querem mais formação para condutores idosos

Os episódios de condução em sentido contrário nas autoestradas são uma realidade recorrente e preocupante. A maioria envolve pessoas idosas. O tema é sensível. Soluções mais radicais, como uma idade para deixar de conduzir, avaliação médica em centros específicos, não são consensuais. As concessionárias das autoestradas defendem "mais formação" para os condutores acima dos 70 anos.