Jimmy Kimmel revelou que filho recém-nascido foi operado ao coração

O apresentador norte-americano fez um programa especial onde revelou os problemas de saúde do bebé nascido no dia 21 de abril. Criticou Donald Trump por querer reduzir orçamento da saúde

Jimmy Kimmel usou o monólogo inicial do seu programa para contar a história da operação ao coração a que o seu filho recém-nascido foi submetido na semana passada. Emocionado, o comediante norte-americano, passou os 13 minutos iniciais a descrever os momentos de pânico que viveu e apelou para que as famílias americanas tenham acesso aos cuidados médicos que precisam.

O apresentador do Jimmy Kimmel Live começou por esclarecer que apesar de assustadora, "a história tem um final feliz". Algumas horas depois do nascimento do seu filho William John, a 21 de abril, uma enfermeira "muito atenta" do Cedars-Sinai Medical Center alertou para o facto de o bebé estar com um tom de pele arroxeado e um aparente sopro no coração.

A falta de oxigénio do bebé Billy, como foi carinhosamente chamado pelo pai, dever-se-ia então ou a um problema de pulmões, ou no pior dos cenários, de coração. Acabou por ser o último: Billy tinha a válvuila pulmonar obstruída e furos na parede que separa a parte direita da esquerda do coração. Nascido numa clínica privada, o bebé foi transferido para o Children's Hospital de Los Angeles para realizar a cirurgia de peito aberto para desobstruir a válvula pulmonar.

"Foi uma experiência assustadora", confessou Jimmy Kimmel. Apesar de não ser o tom do discurso, o apresentador ainda conseguiu brincar com a situação: "Estava no hospital rodeado por pessoas com um olhar muito preocupado, mais ou menos como estou agora", disse, referindo-se à plateia. A outra piada envolveu o seu falso rival. "Até o filho da mãe do Matt Damon mandou flores", brincou, enquanto agradecia aos médicos, família, colegas de trabalho e amigos pelo apoio.

A operação foi descrita por Kimmel como "as três horas mais longas" da sua vida. O bebé está a recuperar bem, mas terá ainda que fazer outras duas cirurgias. A primeira dentro de seis meses para reparar os orifícios que tem na parede cardíaca. E a última quando for um jovem adolescente. O bebé já está em casa e a recuperar bem, tal como mostram as imagens partilhadas pelo apresentador, onde também aparecem a mulher, Molly, e a filha mais velha do casal de dois anos.

Críticas ao presidente Trump

Jimmy Kimmel aproveitou o problema de saúde do filho para apelar ao Congresso para aumentar o financiamento dos programas de saúde. Criticou a proposta de cortes no Instituto Nacional de Saúde feita pelo presidente Donald Trump. Apelou ainda o Congresso que em vez de cortar, aumente o financiamento.

"Se o vosso bebé está a morrer e isso puder ser evitado, não devia importar quanto dinheiro ganham os pais... Quer sejamos republicanos ou democratas ou outra coisa qualquer, todos concordamos com isso, certo?". Lembrando que no hospital viu muitas crianças de "vários contextos" a serem tratadas "com dedicação" pelos médicos.

O apresentador não vai estar nos programas desta semana para estar com a família. Os convidados de ontem foram o médico Mehmet Oz, que explicou qual o problema de saúde de Billy e o medalhista olímpico Shaun White (snowboarder) que sofreu do mesmo problema de saúde.