Jennifer Lawrence quase matou um membro da equipa de "Jogos da Fome"

Jennifer Lawrence recorda que recorreu a um rochedo para aliviar a comichão e fez deslizar a pedra de forma quase letal

A atriz Jennifer Lawrence confessou, em entrevista, que durante as gravações do último filme da saga Jogos da Fome (The Hunger Games, na versão original) quase fez com que um técnico de som morresse. A atriz de 26 anos fez com que uma enorme pedra deslizasse e descesse a ladeira de um monte, no Havai, até destruir a estação de som do set das filmagens.

Tudo por causa do fato justo de néon, que Lawrence conta lhe ter feito muita comichão. A atriz, cedendo à vontade de acalmar os sintomas, recorria à superfície rugosa das pedras locais. "Eu tinha vestido um fato de néon preto e... meu Deus, essas pedras era ótimas para eu me coçar! Uma pedra em que estava sentada acabou por se desprender. Era gigante e foi descendo a montanha até quase matar um dos nossos rapazes do som", revelou Jennifer Lawrence, num tom entre a brincadeira e a seriedade.

As pedras a que a estrela de Hollywood se referem, segundo a tradição Havaiana, são sagradas, tal como sublinhou Lawrence, explicando que "supõe-se que não se deve sentar nelas, pois não é suposto mostrar-lhes as partes íntimas." Ainda assim, a atriz não aguentou a comichão e acabou mesmo por se sentar nos rochedos.

A saga Jogos da Fome, com quatro filmes, foi adaptada ao cinema através dos livros homónimos da autora Suzanne Collins, tendo chegado a primeira longa-metragem ao grande ecrã em 2012. Jennifer Lawrence assume a personagem principal, Katniss, num cenário pós-apocalíptico onde luta pela sua sobrevivência e pela da irmã.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG