Jennifer Aniston: Separação de Brad Pitt e Jolie foi "karma"

Depois de anunciada a separação de Brad Pitt e Angelina Jolie, a ex-mulher do ator, Jennifer Aniston, terá falado de "karma". "Ela sempre sentiu que algo iria acontecer com eles, mais cedo ou mais tarde", contou uma fonte

O mundo reagiu com incredulidade quando, esta terça-feira, foi revelado que Angelina Jolie e Brad Pitt estão à beira do divórcio. Jennifer Aniston, que era casada com o ator quando este se envolveu com Jolie, em 2004, parece ser das únicas pessoas a não se mostrar surpreendida com o desfecho.

Segundo uma fonte próxima de Aniston, esta terá falado de "karma" quando recebeu a notícia. "Ela sempre sentiu que algo iria acontecer com eles, mais cedo ou mais tarde. Ela não sentia que a Angelina era a mulher com quem o Brad deveria ficar. Sempre achou que a Angelina era demasiado complexa para ele. Ele é um homem muito simples", revelou a fonte ouvida pela US Weeky.

Uma segunda pessoa próxima da atriz de 47 anos contou que esta "admite sentir-se satisfeita com a separação do Brad e da Angelina", mas que "nunca quis nem desejou que isto acontecesse". "A Jen deseja o melhor para o Brad. Ela sente-se feliz e quer que ele também o seja. Ela não guarda ressentimentos".

Aniston e Pitt separaram-se em 2005, depois de o ator se ter envolvido com Jolie durante as gravações do filme Mr. & Mrs. Smith. O recém-formado casal não tardou a assumir publicamente a relação, tendo apenas subido ao altar quase uma década depois, em agosto de 2014. Jennifer Aniston, por seu lado, casou-se com com Justin Theroux em agosto de 2015, depois de relacionamentos com Vince Vaughn e John Mayer.

Angelina entrou com o pedido de divórcio no dia 19 de setembro, alegando "diferença irreconciliáveis". Especula-se que a rutura se deva a uma divergência sobre a educação dos filhos, embora também se fale de um caso extraconjugal do ator com Marion Cotillard, a sua parceira de contracena no novo filme Allied.

Angelina e Brad são pais de três filhos adotados - Maddox, de 15 anos, Pax, de 12, e Zahara, de 11 - e de três biológicos - Shiloh, 10 anos, e os gémeos Knox e Vivienne, oito.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG