Oito membros de "House of Cards" dizem que foram assediados por Kevin Spacey

Oito pessoas ligadas à série contaram à CNN que incidentes ocorreram durante as gravações do sucesso da Netflix

Anthony Rapp denunciou o assédio de que foi vítima por parte de Kevin Spacey quando tinha 14 anos foi o destapar de muitos outros casos. Oito deles dentro do ambiente da série "House of Cards", noticia a CNN, que, garante, falou com todos os envolvidos mantendo o seu anonimato por razões profissionais.

Um antigo assistente de produção contou que o ator fez propostas quando lhe foi confiada a tarefa de conduzir o protagonista da série para um local de rodagem foram do quartel-general da série, a cerca de 20 km de Baltimore. Kevin Spacey, que conduzia o carro, terá colocado a mão dentro das calças do assistente. O assistente garante que estes avanços não foram consensuais. Faz a seguinte descrição: "Fiquei em choque. Ele era um homem numa posição incrivelmente poderosa na série e eu era uma pessoa muito abaixo na cadeia alimentar". O homem contou a história a um colega de trabalho que a CNN contactou.

A produção, MRC, afirmou-se consternada com as alegações, prometendo investigar as queixas. Outras pessoas que trabalham ou trabalharam na série "House of Cards" contaram histórias semelhantes.

O comportamento do ator, contou outra pessoa à CNN, era conhecido de todos. As pessoas tinham medo de se queixar e serem despedidas.

Uma assistente de produção confirmou que o comportamento foi comentado entre colegas de trabalho. "Homens com quem trabalhei queixaram-se de como ele os deixavam desconfortáveis", disse a mulher. "Ele brinca às lutas para lhes poder tocar"; acrescentou.

A primeira das denúncias, levou o ator a pedir desculpas publicamente, tornando pública que é homossexual. Seguiu-se a notícia de que irá procurar apoio terapêutico. Seguiu.-se outra queixa. A de um ator mexicano, Roberto Cavazos, que se cruzou com Kevin Spacey no teatro Old Vic, em Londres, que entratanto já se demarcou das queixas de alegado assédio do antigo diretor artístico.

A sexta temporada de "House of Cards", em filmagens, será a última. Frank Underwood não volta.

"Media Rights Capital e Netflix decidiram suspender a produção de House of Cards, sexta temporada, até notícia em contrário para rever a presente situação e ouvir o elenco e a equipa", disse a porta-voz da plataforma de distribuição de conteúdos audiovisuais.

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.