Harry confirma namoro e revolta-se contra os media: "Os limites foram ultrapassados"

O Palácio de Kensington confirmou o namoro do Príncipe Harry com Meghan Markle, num comunicado em que se revolta contra os tabloides e diz estar "preocupado" com a segurança da atriz

Está confirmado o namoro entre o Príncipe Harry e a atriz norte-americana Meghan Markle. Apesar de esta não ser a primeira vez que o irmão de William confirma uma relação, o Palácio de Kensington abriu um precedente ao enviar um comunicado, esta terça-feira, a defender a atriz da atenção dos media, nem sempre positiva.

A família real britânica condena os comentários "racistas e sexistas" de que Meghan Markle tem sido alvo nas redes sociais e acusa os media, nomeadamente os tabloides, de "terem ultrapassado os limites"

Desde que a relação se tornou pública, o passado de Meghan Markle tem sido escrutinado pela imprensa, com entrevistas a ex-namorados, a associação da atriz a sites pornográficos e até declarações da sua irmã a chamá-la de "alpinista social".

O Palácio de Kensington frisa que Harry, de 32 anos, nunca avançou com ações judiciais por causa de histórias falsas publicadas nos media e que sempre tentou manter uma relação profissional com os meios de comunicação. Mas adverte: "Os limites foram ultrapassados esta semana. A namorada de Harry, Meghan Markle, tem sido alvo de abuso e assédio. E algumas vezes de forma pública: a difamação na primeira página de um jornal nacional, o tom racista dos artigos de opinião, o sexismo e o racismo dos "trolls" nas redes sociais e nos comentários de artigos online", lê-se no comunicado.

A família real britânica revela ainda que tem travado lutas legais para evitar a publicação de artigos difamatórios nos jornais e que a mãe da atriz se tem deparado com fotógrafos à porta da sua casa, tendo alguns deles "tentado entrar na mesma casa de forma ilegal".

"O Príncipe Harry está preocupado com a segurança de Miss Markle e sente-se profundamente desiludido por não a ter conseguido proteger. Não é correto que após poucos meses de relação ele e Miss Markle sejam expostos a este tipo de tempestade."

O comunicado diz ainda que o príncipe sabe que algumas pessoas vão dizer que isto faz parte do jogo, mas salienta que "isto não é um jogo - é a vida dele e dela". Harry pediu que esta declaração fosse enviada "para que os jornalistas parem e reflitam antes que mais estragos sejam feitos", remata o Palácio de Kensington.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG