"Ao sujeito que disse que não pertenço à América": Kal Penn cria fundo para refugiados

O ator Kal Penn, mais conhecido pelo papel de Lawrence Kutner na série de TV "House", já conseguiu arrecadar mais de 700 mil euros para refugiados sírios

Tudo começou com uma provocação nas redes sociais. O produtor e ator Kal Penn, que integrou o elenco da série House entre 2004 e 2009, antes de ser convidado para desempenhar as funções de diretor do Departamento de Relações Públicas da Presidência dos Estados Unidos (que exerceu durante a administração Obama) criou um fundo online para ajudar refugiados sírios, depois de um internauta lhe ter dito que ele "não pertencia" aos EUA.

Penn, nascido há 39 anos em Montclair, New Jersey, e filho de imigrantes indianos, já arrecadou mais de 700 mil euros. "Ao sujeito que disse que eu não pertenço à América, criei um fundo destinado a refugiados sírios com o seu nome", anunciou no passado dia 28 o ator.

Na página crowdrise.com, acrescentou: "Somos melhores do que as pessoas raivosas que dizem que não pertencemos ao nosso país, que a América não pode ser um símbolo de liberdade e esperança para refugiados de todo o mundo. Vamos transformar a sua intolerância, juntamente com a do presidente [Donald Trump] em amor".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG