Elon Musk fala sobre saúde mental e diz que pode ser bipolar

Criador da Tesla e da Space X contou aos seguidores no Twitter que se considera bipolar, mas disse também que não foi diagnosticado

O fundador da Tesla e da Space X, Elon Musk, revelou no Twitter este domingo que pode ser bipolar. Numa série de publicações em resposta a outros utilizadores da rede social, o empresário revelou que passa por momentos de euforia fantásticos e momentos baixos "terríveis" e que não foi clinicamente diagnosticado.

A revelação foi feita quando um utilizador escreveu no Twitter que seguia Elon Musk no Instagram e ele parecia ter "uma vida fantástica". "Pergunto-me se os altos e baixos que ele teve ajudam a ter uma vida mais agradável?", continuou Eric Diepeveen.

"Na realidade são altos fantásticos, baixos terríveis e um stress implacável", respondeu o empresário no Twitter. "Acho que as pessoas não querem ouvir sobre os dois últimos".

Logo de seguida, outro utilizador perguntou a Elon Musk se é bipolar. "Yeah", respondeu o multimilionário.

"Talvez não medicamente. Não sei. Maus sentimentos estão relacionados a más situações então talvez o problema seja ser arrastado por aquilo que faço", continuou. "Se compras um bilhete para o inferno, não é justo pores a culpa no inferno..."

Um utilizador pediu a Musk para dizer como lida com os momentos baixos e o stress. "Tenho a certeza de que há respostas melhores do que as que eu tenho, que são apenas aceitar a dor e certificar-me de que realmente gostas do que fazes", respondeu o empresário.

Elon Musk é conhecido como o empreendedor que criou a Tesla e a empresa aeroespacial norte-americana Space X, dois projetos tecnológicos ambiciosos.

A revelação vem dias depois de a Tesla lançar o Model 3, o automóvel mais aguardado da marca.

No primeiro trimestre de 2017 a Tesla produziu 25,051 automóveis, segundo o Dinheiro Vivo, e espera alcançar a marca de 500.000 em 2018 e um milhão em 2020.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG