Beyoncé surpreende jornalista com bilhete de agradecimento

A cantora agradeceu a uma jornalista do The New York Times que elogiou a sua recente música, Formation

Formation é a primeira música lançada por Beyoncé desde 2014. Depois de surgirem algumas críticas, nas redes sociais, à forma como o respetivo teledisco aborda a violência para com afro-americanos nos EUA, um artigo elogioso da jornalista Jenna Wortham, do The New York Times, foi recebido pela cantora como um presente caído do céu. Como forma de agradecimento, enviou-lhe uma mensagem, escrita à mão.

"Querida Jenna, obrigada pelas lindas palavras que disseste sobre Formation. Obrigada por compreenderes o meu coração", lê-se no bilhete que a colunista fotografou e partilhou na sua página do Twitter.

O artigo em questão foi publicado no site do jornal norte-americano a 6 de fevereiro. Nele, Jenna Wortham defende que "Beyoncé quer que saibamos - mais do que nunca - que ela continua com os pés assentes na terra, que está a prestar atenção". "Eu acho que ela quer que saibamos que, apesar de ela ser atração de um grande evento como o Super Bowl, tem opiniões e não tem medo de partilhá-las, nem tem medo de o fazer a uma escala nacional e global". A colunista escreveu ainda que "Formation não é apenas sobre brutalidade policial - é sobre a experiência total dos negros na América em 2016, o que inclui padrões de beleza, desemprego, cultura".

A artista, que fez a sua primeira atuação ao vivo dessa música no passado domingo, no Super Bowl, foi acusada nas redes sociais de usar o evento como forma de atacar as autoridades norte-americanas. Foi até anunciado um "rally de protesto anti-Beyoncé", no site Eventbrite, para impedi-la de "fazer a sua poderosa afirmação sobre o valor da vida dos negros".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG