Agente de Mariah Carey acusa produtores de "sabotagem"

A agente de Mariah Carey diz que os problemas técnicos que tornaram viral a atuação de cantora na noite de passagem do ano foram "sabotagem", e criados pela produtora do programa. Esta última ameaça avançar para a justiça.

Os problemas técnicos que marcaram o espetáculo da noite de passagem do ano de Mariah Carey, exibido na televisão em direto, e que tornaram o vídeo do mesmo viral nas redes sociais, "foi sabotagem", afirmou agora a agente da cantora, Stella Bulochnikov, à revista Us Weekly.

Numa carta a que a imprensa internacional teve acesso, a mesma coloca na Dick Clark Productions, a produtora do programa Dick Clark's New Year's Rockin' Eve with Ryan Seacrest, que decorreu em Times Square, em Nova Iorque, as responsabilidades pelas dificuldades técnicas que levaram Mariah Carey a abandonar o palco. "Sabiam que o seu microfone não funcionava e a vossa equipa de produção não o emendou. A Mariah avisou para este problema o tempo todo", lê-se na carta.

Por seu lado, a Dick Clark Productions já frisou em comunicado que a acusação é "difamatória, escandalosa e francamente absurda" e que planeiam avançar com medidas legais.

No final do espetáculo, a cantora brincou com a situação nas redes sociais, enviando a seguinte mensagem: "Estas m***** acontecem. Tenham um novo ano com felicidade e saúde. Um brinde a fazer mais manchetes em 2017", afirmou Mariah.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG