Tem de utilizar elevadores? Saiba os cuidados que deve ter

A Direção-Geral da Saúde faz recomendações sobre como deve utilizar os elevadores, caso não tenha a possibilidade de usar as escadas

Milhares de portugueses estão confinados em casa num esforço para travar a propagação do novo coronavírus, mas para quem tem de sair e utilizar elevadores, a Direção-Geral da Saúde (DGS) faz uma série de recomendações sobre a melhor forma de o fazer, tendo em conta a situação excecional que estamos a viver.

A DGS recomenda que se "use preferencialmente" as escadas, mas caso não o possa fazer, deve ter cuidados redobrados de modo a evitar possíveis contágios.

Primeiro recomenda-se que não tenha pressa e que espere até que o elevador fique vazio para depois entrar. "É seguro" estar no elevador "com pessoas do mesmo apartamento". "Utilize o elevador individualmente", sugere a DGS.

Dento do elevador, é recomendado que use "um lenço ao abrir a porta" ou para "carregar nos botões".

A DGS indica ainda que "os responsáveis pelos elevadores" devem mantê-los "desinfetados".

Para evitar que a epidemia se espalhe a DGS reforça os conselhos relativos à prevenção: evitar contacto próximo com pessoas que demonstrem sinais de infeção respiratória aguda, lavar frequentemente as mãos, tapar o nariz e a boca quando espirra ou tosse e lavar as mãos de seguida pelo menos durante 20 segundos.

Ao espirrar ou tossir, faça-o para um lenço de papel e deite-o imediatamente no lixo. Em alternativa pode usar o braço ou a manga com o cotovelo fletido. Higienize as suas mãos com frequência. Pode utilizar uma solução à base de álcool que tem uma ação e secagem rápidas, ou em alternativa toalhitas com álcool.

Em caso de apresentar sintomas coincidentes com os do vírus (febre, tosse, dificuldade respiratória), a autoridade de saúde pede que não se desloque às urgências, mas para ligar para a Linha SNS 24 (808 24 24 24).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG