Adolescente desaparecida desde 22 de março já foi encontrada

De acordo com a Polícia Judiciária, a menor contou com a ajuda de colegas da antiga escola na fuga. Foi encontrada em boas condições físicas.

Sofia Gil, a adolescente dada como desaparecida no dia 22 de março, foi localizada pela Polícia Judiciária, após "múltiplas diligências" desenvolvidas em várias zonas do país, informou esta terça-feira o Departamento de Investigação Criminal de Portimão.

Em comunicado, a PJ diz que a rapariga, de 15 anos, encontrava-se "em boas condições físicas, tendo contado com o apoio de amigos da sua antiga escola durante a fuga". Não se sabe, no entanto, o dia e o local onde foi encontrada pelas autoridades.

A menor ausentou-se "voluntariamente, abandonando a residência de familiares", sendo que será agora "encaminhada em conformidade com instruções do Ministério Público".

De acordo com a informação partilhada pela mãe de Sofia no Facebook, a rapariga fugiu de casa durante a madrugada, na zona da Amadora, tendo o seu desaparecimento sido comunicado à PSP na manhã seguinte.

Segundo o Jornal de Notícias, Rosa Laranjeira, que fez vários apelos nas redes sociais e na comunicação social, suspeitava que a filha pudesse ter caído numa rede de prostituição, por alterações no seu comportamento e com base em mensagens que leu no telemóvel de Sofia.