Infetados na urgência de Torres Vedras sobem para 23

Dos 23 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus na urgência do Centro Hospitalar do Oeste, 14 são doentes e nove são profissionais.

O número de infetados pela covid-19 subiu para 23 na urgência de Torres Vedras do Centro Hospitalar do Oeste (CHO), dos quais 14 são doentes e nove são profissionais, informou esta segunda-feira a instituição.

A presidente do conselho de administração do CHO, Elsa Baião, disse à Lusa que o número de infeções subiu de 12 para 14, entre os doentes, e de quatro para nove, entre os profissionais de saúde na unidade de Torres Vedras, no distrito de Lisboa.

A responsável esclareceu que todos os profissionais positivos são da urgência, enquanto os doentes infetados eram de vários serviços e os que se mantêm internados foram transferidos para a enfermaria da covid-19.

O surto levou o centro hospitalar a testar 295 profissionais e 104 doentes.

A instituição aguarda ainda por resultados de meia centena de testes realizados a profissionais.

Os doentes testados foram considerados "contactos próximos relacionados com este surto, tanto de doentes, como de profissionais".

Surto começou no serviço de urgência

Entre os doentes infetados, três morreram, mas o CHO esclareceu que eram "doentes com idades avançadas, com doenças crónicas descompensadas e cuja causa de morte não está diretamente relacionada com a infeção covid-19".

O foco de infeção surgiu no Serviço de Urgência Geral do Hospital daquela unidade, do distrito de Lisboa, relacionado com um doente que esteve internado naquele serviço "com patologias não respiratórias".

De acordo com o CHO, o doente "foi testado antes de ter alta" e foi "validado como negativo", mas "a situação clínica do doente agravou-se e este regressou à urgência, 24 horas depois, desta vez com queixas respiratórias".

Após um segundo teste ao novo coronavírus, o resultado foi positivo, tendo o doente sido internado na "área covid" do hospital de Torres Vedras.

Na unidade de Torres Vedras do CHO, existe uma enfermaria destinada aos doentes covid com lotação para 24 camas, atualmente com 12 doentes internados e uma taxa de ocupação de 50%, o que corresponde a um total de 12 doentes internados.

O CHO integra os hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações dos concelhos de Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG