Nutrição clínica: premiar a investigação nacional

Os números da malnutrição continuam a aumentar em Portugal, em especial na comunidade, sem que conheçamos o número real deste problema de saúde pública.

É compromisso da APNEP (Associação Portuguesa de Nutrição Entérica e Parentérica), que todos os doentes possam recuperar para uma vida ativa com qualidade ou pelo menos com a dignidade a que todo o ser humano deve ter direito, pelo que alertamos as entidades competentes que urge a implementação efetiva da Norma Organizacional DGS 017/2020, que define a constituição de grupos de nutrição entérica e parentérica nos hospitais do SNS, os quais têm como responsabilidade, entre outras, garantir que os doentes com necessidade de nutrição clínica (entérica e parentérica) têm acesso equitativo aos cuidados nutricionais e à respetiva terapêutica nutricional em contexto domiciliário e ambulatório.

Quanto à promoção da formação em nutrição clínica, e em parceria científica com a ESPEN (The European Society for Clínical Nutrition and Metabolism), a APNEP é um dos signatários do Manifesto NEMS for the Implementation of Nutrition Education in the Undergraduate Medical Currriculum, o qual desafia as universidades europeias a implementarem, no currículo universitário e de forma homogénea, módulos de nutrição para estudantes de Medicina e outros profissionais de saúde, como enfermeiros e farmacêuticos.

Contudo, estamos conscientes de que é necessário fazer mais, pelo que além de fomentar ações de formação e investigação a APNEP tem vindo a trabalhar no sentido de colocar a malnutrição na agenda política e social.

Confiamos que a sensibilização dos decisores políticos e da opinião pública irá permitir aos doentes malnutridos, que atualmente veem o seu estado nutricional agravado em domicílio ou ambulatório, obter uma acessibilidade equitativa à nutrição clínica muito em breve. Precisamos do compromisso de todos, pelo que apelo à investigação e que se juntem a nós na sensibilização da malnutrição!

Neste ano celebramos o 19.º Prémio Fresenius Kabi de Nutrição Clínica, dedicado ao tema "A malnutrição e o seu impacto são ainda desconhecidos em Portugal". As candidaturas já se encontram abertas e terminam a 30 de setembro de 2021. Podem consultar mais informações sobre o regulamento e a ficha de inscrição no site da APNEP (www.apnep.pt).

Iremos premiar dois trabalhos de investigação, um prémio para trabalhos já finalizados, ao qual será atribuído um valor de 10 mil euros, e uma bolsa de investigação para estudos a desenvolver, à qual será atribuído um valor de 5 mil euros.

O Prémio Fresenius Kabi de Nutrição Clínica, com o apoio científico da APNEP, foi criado em 2001 e destina-se a premiar a investigação científica de excelência na área da nutrição clínica.

A formação contínua dos profissionais de saúde, em nutrição clínica, continua a ser uma prioridade da APNEP, pelo que o 19.º Prémio de Nutrição Clínica foi lançado no âmbito do XXIII Congresso Anual APNEP, que nos dias 28 e 29 de maio juntou cerca de 5 mil congressistas, de todo o globo, e 400 palestrantes, incluindo mais de 50 palestrantes internacionais.

Médico intensivista, presidente da APNEP, coordenador da campanha ONCA (Optimal Nutritional Care for All) em Portugal

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG