Envelhecimento ativo, saudável e feliz

O envelhecimento crescente e estrutural da nossa população é um desafio que devemos assumir de forma positiva.

Nestes termos, para além da responsabilidade da Administração Central e das políticas públicas, que devem ser concretizadas com foco na promoção de mais e melhor qualidade de vida para os nossos idosos, também as autarquias locais devem desempenhar um papel importante neste desiderato.

Neste âmbito, não posso deixar de assinalar o contexto que realizamos neste mês, em Pombal, o Ageing Congress - Congresso Internacional do Envelhecimento, em parceria com a ANGES - Associação Nacional de Gerontologia Social e a Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Leiria, que vai juntar mais de 50 investigadores e peritos nacionais e internacionais que irão partilhar as suas reflexões e conhecimentos científicos sobre esta matéria.

Por entender que é fundamental aprofundarmos o nosso relacionamento com a investigação científica produzida no âmbito das instituições de ensino superior, no âmbito deste Congresso, Pombal vai passar a acolher um laboratório internacional de estudos sobre o envelhecimento, numa cooperação entre o Município de Pombal, a própria ANGES e o Politécnico de Leiria.

Esta é uma iniciativa inovadora no país e que visa integrar as melhores práticas científicas com elevado envolvimento com o território e as organizações sociais que estão a trabalhar no terreno.

Outra matéria relevante prende-se com o ageing in place, numa ótica de retardar a institucionalização e contribuir para que os idosos possam permanecer nas suas habitações com qualidade de vida o mais tempo possível.

Nestes termos, implementámos em Pombal o programa AGILidades Lab Centers, numa parceria com as nossas IPSS, com valência de centro de dia, e uma spin-off do Politécnico de Leiria, e que consiste na aplicação de terapias recreativas como meio de avaliação e treino da função motora, cognitiva, social e da educação e promoção da saúde.

Na verdade, a utilização destes jogos de motricidade e agilidade mental, apresenta-se como um novo paradigma da reabilitação geriátrica, já que, simultaneamente ao treino de competências de comunicação, atenção, socialização, equilíbrio, ritmo, força, perceção corporal e memória, são proporcionados momento de divertimento e felicidade.

Pombal assume-se, assim, como um território cuja dinâmica da sua rede social constitui uma grande oportunidade para desenvolvermos vários projetos-piloto na área do envelhecimento, acolhendo a ciência e promovendo o conhecimento na disseminação de boas práticas.

Fruto deste nosso trabalho, que tem outras variantes e vários programas de ação, fomos distinguidos como uma rede de cuidadores de excelência, tendo-nos sido atribuída uma menção honrosa que nos reconhece como Município de Mérito Social e Promotor de Envelhecimento Feliz.

A verdade é que, em Pombal, assumimo-nos como um território promotor do envelhecimento ativo, saudável e feliz.

Presidente da Câmara Municipal de Pombal
pedro.pimpao@cm-pombal.pt

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG