Por um natal (e uma vida) sem lixo e sem luxo

Para o primeiro Natal de Aurora, Joana Tadeu escreveu uma carta ao Pai Natal pouco comum. Nessa carta, enviada a todos os familiares que celebrarão a época com a bebé de 4 meses, Joana pediu, em nome da filha, que neste ano não se comprem presentes. Em vez disso, aqueles que quiserem oferecer alguma coisa à recém­-nascida deverão contribuir para uma conta em seu nome para que um dia a Aurora «possa comprar todos os objetos de plástico que assim entender, caso eu a eduque mal», brinca a mãe.

Para saber mais clique aqui: www.noticiasmagazine.pt

Exclusivos