Vulcão faz um morto e deixa ilha de Stromboli coberta de cinzas

Erupções vulcânicas na ilha italiana a norte da Sicília

Uma forte erupção registada esta quarta-feira na ilha italiana de Stromboli, a norte da Sicília, causou a morte de um montanhista, informou a imprensa italiana.

O Stromboli é um vulcão ativo, mas a erupção desta quarta-feira foi particularmente impressionante e deixou a ilha coberta de cinzas, segundo a imprensa italiana.

"Foi como estar no inferno, com uma chuva de fogo a cair do céu", testemunhou o padre da ilha, Giovanni Longo, citado pela imprensa local. O acompanhante do montanhista que morreu terá ficado ferido, mas essa informação avançada perla imprensa está por confirmar pelos bombeiros.

De acordo com relatos dos 'media', os turistas fugiram da ilha após a erupção enquanto outros se protegeram nas habitações.

De acordo com o Instituto Nacional Italiano de Geofísica (INVG), duas grandes explosões ocorreram esta tarde na vertente sul-central da cratera do vulcão, por volta das 16:46 locais (15:46 em Lisboa).

As explosões foram precedidas por fluxos de lava "de todas as bocas ativas do vulcão", projetando uma nuvem de fumaça de dois quilómetros de altura, acrescentou o INVG.

Um dos aviões dos bombeiros na cidade siciliana de Messina, responsável pela região do Stromboli, não foi capaz de lidar com os incêndios causados pela erupção devido à grande quantidade de fumaça, adiantaram os media italianos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG