"Você é um mentiroso". Joe Biden perde a calma com idoso em campanha [Video]

Confrontado por um homem de 83 anos com os negócios do filho Hunter Biden na Ucrânia e apelidado de demasiado velho para presidente, Joe Biden, 77 anos, não se conteve: "Você é um mentiroso. Quer fazer um concurso de flexões comigo?"

Joe Biden, o antigo vice-presidente de Barack Obama e um dos candidatos às primárias dos Democratas, não se conteve durante um evento da sua campanha quando foi confrontado por um homem 83 anos. "Você é um mentiroso do raio" [You're a damn liar], disse Biden quando o homem o questionou sobre o seu filho, em referência a negócios de gás na Ucrânia, e disse que o pré-candidato a presidente dos EUA é demasiado velho para ser candidato.

Na resposta, Joe Biden, que tem 77 anos, chamou-o de mentiroso e desafiou-o para fazer um concurso de flexões. Foi assim uma espécie de momento António Costa - o atual primeiro-ministro também respondeu, na última campanha eleitoral, de forma agressiva a um idoso de Lisboa que o confrontou com a sua alegada ausência do país durante os incêndios de 2017, o que não era verdade e fez Costa perder a paciência.

Foi durante uma ação de campanha, em New Hamptom, estado de Iowa, que o homem acusou Biden de "vender acesso direto ao presidente" referindo-se a Hunter Biden, filho do político democrata que integrou o conselho de administração de uma empresa gás ucraniana quando Joe Biden era vice-presidente. Até agora, não foram encontradas evidências de irregularidades cometidas por Joe ou Hunter Biden, mas o tema tem sido chamado à campanha desde o caso que envolveu Donald Trump e o telefonema ao presidente da Ucrânia para abrir uma investigação ao antigo vice de Obama.

O idoso acusou Biden de enviar o "filho para lá [Ucrania], para conseguir um emprego e trabalhar para uma empresa de gás, sem ter nenhuma experiência com gás, nada". A resposta foi dura. "Você é um mentiroso do raio, homem, isso não é verdade", respondeu Biden. "E nunca ninguém provou isso."

O homem também desafiou Biden devido à sua idade, com a afirmação: "Você é quase tão velho como eu. É muito velho. Eu tenho 83 anos e sei muito bem que não tenho as faculdades mentais de quando tinha 30 anos." Foi nessa altura que Biden desafiou o homem a fazer flexões ou fazer um teste de QI: "Se você quer ver a minha forma, vamos fazer flexões juntos, vamos correr, vamos fazer o que quiser. Vamos fazer um QI teste."

A agressiva troca de palavras terminou com o homem a dizer que não votaria em Biden. "Você é velho demais para votar em mim", respondeu o político.

O homem, um agricultor aposentado que se recusou a dar o nome aos jornalistas, disse a Biden no final do diálogo: "Parece que você não tem mais espinha dorsal do que Trump."

Depois, Joe Biden negou ter perdido a calma no incidente. À CNN disse que não quer entrar no jogo que Trump pretende lançar: "Tenho um respeito e um amor avassaladores pelo meu filho e, ocasionalmente, fico frustrado com afirmações que simplesmente não são verdadeiras. Simplesmente não me vou colocar ao nível de responder a este tipo de afirmações que Trump tem feito, porque isso seria apenas entrar no jogo dele ", disse Biden. Concluiu que "estava a brincar" quando disse ao homem se queria fazer flexões com ele.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG