Venezuela: Familiares de presos políticos reuniram-se com comissária da ONU

Familiares de mais de 150 presos políticos da Venezuela reuniram-se quinta-feira em Caracas com a Alta Comissária dos Direitos Humanos da ONU, Michelle Bachelet, e exigiram justiça.

O encontro teve lugar na Universidade Metropolitana (leste da capital), no âmbito de uma visita de três dias de Michelle Bachelet a Caracas e nele participaram representantes de várias Organizações Não Governamentais, entre elas a ONG Justiça, Encontro e Perdão, e o Foro Penal Venezuelano.

A ex-presidente do Chile foi recebida também por advogados de defesa dos presos políticos e vítimas da repressão governamental que gritavam por "justiça, justiça, justiça".

Enquanto decorriam os contactos ocorreram vários protestos em Caracas, entre eles de professores, de profissionais da saúde e de antigos trabalhadores petrolíferos que reclamam o pagamento de indemnizações.

Na agenda da visita da Alta Comissária das Nações Unidas à Venezuela prevê ainda um encontro com o líder opositor Juan Guaidó, a 21 de junho, o seu último dia na Venezuela.

Para hoje estão previstas manifestações de familiares de presos políticos, da oposição e de jornalistas, estes últimos contra a censura, intimidação e bloqueio de Internet, junto da sede do Programa das Nações Unidas Para o Desenvolvimento (PNUD), em Caracas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG