Papa visita Moçambique na primeira semana de setembro

Visita foi anunciada pelo presidente moçambicano. Vaticano já confirmou que Francisco estará no país entre os dias 4 e 6 de setembro

O presidente moçambicano, Filipe Nyusi, anunciou esta quarta-feira numa comunicação ao país que o papa Francisco visita Moçambique na primeira semana de setembro deste ano, considerando que se trata de um "momento histórico".

A visita realiza-se de 4 a 6 de setembro, disse um porta-voz da Igreja.

Segundo um comunicado do Vaticano, o papa visita ainda Madagáscar e as ilhas Maurícias, numa "viagem apostólica" que se prolonga até 10 de setembro.

De acordo com a Santa Sé, o programa detalhado de toda a viagem será divulgado mais tarde.

O Papa Francisco já tinha lamentado o sucedido em Moçambique, pedindo apoio para os sobreviventes e prometendo rezar pelas vítimas.

O número de pessoas afetadas pelo ciclone Idai, que atingiu o centro de Moçambique no dia 15 de março, ultrapassou hoje as 800 000 no registo das autoridades, segundo uma atualização que mantém o número de mortes em 468.

O total de população afetada é agora de 803.984 pessoas, segundo informação distribuída pelo Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC).

Nesta quarta-feira foram também confirmados quatro casos de cólera na província da Beira.

em atualização

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG