Universitários competem para construir comboio que "voa" a 1000 km/hora

Equipa espanhola deverá apresentar um protótipo do comboio que levita no vácuo dentro de tubos este verão

Uma equipa de universitários espanhóis está a competir para desenhar o Hyperloop, um comboio que viaja a mil quilómetros por hora. A construção deste comboio, que será o mais veloz do mundo, foi proposta por Elon Musk em 2012. Pouco depois, o criador da Space X, Tesla Motors e co fundador da Paypal criou um concurso em que várias universidades podem apresentar as suas propostas de design e sistema de propulsão deste "quinto meio de transporte", como descreveu Musk.

Segundo o El País, a equipa da Universidade Politécnica de Valência, composta por cinco engenheiros, passou à reta final do concurso em janeiro de 2016 no Texas, Estados Unidos. Os espanhóis foram selecionados por um júri de colaboradores da Space X.

A equipa espanhola recrutou 25 novos membros no ano passado e deverá apresentar um protótipo do Hyperloop este verão.

O objetivo é criar um meio de transporte de passageiros e mercadorias que levita no vácuo dentro de tubos e consiga atingir velocidades até mil quilómetros por hora, reduzindo em muito a duração de viagens longas.

A principal dificuldade dos engenheiros era conseguir patrocínios mas, com o apoio da universidade, eles convenceram 20 empresas a juntar-se ao projeto. O patrocínio da empresa de consultoria tecnológica Altran foi o mais importante, segundo alguns membros da equipa.

A construção do protótipo que vão testar e apresentar em alguns meses no circuito da Space X custou cerca de 100 mil euros.

Na competição estão cerca de outras 30 universidades como o famoso Instituto de Tecnologia de Massachusetts, conhecido como MIT, a Universidade de Munique, Alemanha, e a Universidade de Delft, na Holanda, que teve a maior pontuação na etapa passada do concurso.

Há ainda uma equipa formada por pessoas de 14 países diferentes que se juntaram através da rede social Reddit, segundo o El País.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG