Encontrada câmara do grupo de oito alpinistas que morreram nos Himalaias

Encontrada pequena câmara de filmar que revela as últimas imagens de alpinistas que tentavam escalar o segundo ponto mais alto da Índia. Desapareceram em maio e sete dos oito corpos foram recuperados

A pequena câmara de filmar GoPro foi descoberta pelas autoridades indianas e mostra as últimas imagens do grupo de oito alpinistas nos Himalaias que morreram em maio quando tentavam escalar o Nanda Devi, o segundo ponto mais alto da Índia.

A GoPro estava enterrada na neve e foi encontrada pela guarda fronteiriça indo-tibetana (ITBP) perto do local onde foram encontrados sete dos oito corpos dos montanhistas. No vídeo, de quase dois minutos de duração, ouve-se sobretudo o vento e é possível ver as últimas imagens de quatro britânicos, dois americanos, um australiano e um indiano, amarrados uns aos outros por uma corda enquanto caminhavam no "teto do mundo".

De acordo com a BBC, o grupo, liderado pelo experiente montanhista britânico Martin Moran - cujo corpo ainda não foi encontrado -, começou a escalar o Nanda Devi, um dos picos mais altos dos Himalaias, com 7816 metros de altitude, a 13 de maio. O contacto com os montanhistas perdeu-se no dia 26 do mesmo mês.

"Fascinante ver aquelas imagens", diz polícia

"Últimas imagens da equipa de montanhistas perto do topo de um cume desconhecido no lado este da Nanda Devi", lê-se na publicação que a guarda fronteiriça fez no Twitter, onde revela o pequeno vídeo.

"Foi hipnotizante para nós podermos ver aquelas imagens", afirmou A.P.S Nambadia, o inspetor-geral da ITBP, citado pela BBC. "A GoPro provou ser como uma caixa preta de uma aeronave dando uma visão sobre os últimos momentos dos alpinistas", acrescentou.

Vivek Kumar Pandey, porta-voz daquela força policial refere que o peso do grupo pode ter causado uma queda de neve "desencadeando uma avalanche".

As imagens estão agora a ser analisadas para se perceber "o que correu mal na missão", conforme explicou o porta-voz da ITBP sobre o grupo de alpinistas que tentava escalar o Nanda Devi, o 23º ponto mais alto do mundo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG