Trump e Bolsonaro jantam em privado no sábado na Florida

O Presidente norte-americano, Donald Trump, e o chefe de Estado brasileiro, Jair Bolsonaro, encontram-se este sábado num jantar privado na Florida, no âmbito da visita oficial deste aos Estados Unidos da América, anunciou a Casa Branca.

"O Presidente Trump e o Presidente Bolsonaro discutirão oportunidades para construir um mundo mais próspero, seguro e democrático", afirmou a Casa Branca num comunicado.

Na agenda do encontro estarão ainda, segundo a administração norte-americana, "oportunidades para restaurar a democracia na Venezuela, trazer paz ao Oriente Médio, implementar políticas em favor do comércio e investimentos em infraestruturas".

A Casa Branca esclareceu assim uma pequena confusão gerada por declarações anteriores de Donald Trump, que afirmou esta sexta-feira que o jantar com o líder brasileiro aconteceria ainda esta noite.

"O Presidente do Brasil queria jantar na Florida, se possível. Então, vamos fazer hoje. Então, vamos fazer hoje", disse Trump aos jornalistas.

Jair Bolsonaro desloca-se à Florida entre sábado e terça-feira.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, o chefe de Estado visitará no domingo a Southcom, que é o comando responsável pelas Forças Armadas dos Estados Unidos na América Latina e no Caribe, na cidade de Doral, perto de Miami.

O chefe de Estado do Brasil também realizará reuniões com os senadores da Florida Rick Scott e o cubano-americano Marco Rubio, ambos republicanos.

Bolsonaro, de acordo com a agenda oficial provisória, participará na segunda-feira e na terça-feira na conferência internacional "Brasil-Estados Unidos: uma nova perspetiva sobre parcerias e relações de investimento", a ser realizada num hotel no centro de Miami.

Na segunda-feira, o Presidente do Brasil também se encontrará com a comunidade brasileira no sul da Flórida, estimada em cerca de 300 mil pessoas, segundo fontes oficiais. A reunião está agendada numa das sedes da Miami-Dade College University.

Durante o último dia da sua visita aos Estados Unidos, Bolsonaro pretende visitar uma fábrica da Embraer, a terceiro maior fabricante de aeronaves do mundo, em Jacksonville, no norte da Florida.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG