Trump e Biden trocam ameaças: "Ia ao chão de forma rápida e dura, a chorar o tempo todo"

Donald Trump e o antigo vice-presidente Joe Biden têm trocado ameaças de agressões físicas. "Ele não me conhece, mas ia ao chão de forma rápida e dura, a chorar o tempo todo", disse o líder dos EUA

É mais um episódio protagonizado pelo presidente dos EUA e as publicações que faz no Twitter. Desta vez, Donald Trump, de 71 anos, troca ameaças de agressões físicas com o antigo vice-presidente do país, Joe Biden, de 75.

"O louco Joe Biden está a agir como um durão. Na verdade ele é fraco, tanto mental como fisicamente, e mesmo assim ameaça-me. Ele não me conhece, mas ele ia ao chão de forma rápida e dura, a chorar o tempo todo", escreveu esta quinta-feira no Twitter.

Está foi a reação do presidente dos EUA aos comentários que Joe Biden fez no início desta semana. O antigo vice-presidente disse na terça-feira que se estivesse na escola batia em Donald Trump por desrespeitar as mulheres.

Biden falava na Universidade de Miami numa iniciativa contra o assédio sexual quando criticou a forma como Donald Trump trata as mulheres. "Se eu estivesse no colégio, levava-o para trás do ginásio e dava-lhe uma sova", ameaçou.

Bem ao seu estilo, o presidente dos EUA não deixou o democrata sem resposta e também fez ameaças à integridade física do antigo vice-presidente dos EUA.

Joe Biden ainda não esclareceu se vai candidatar-se às presidenciais dos EUA, em 2020. Esta é uma possibilidade noticiada pelos media norte-americanos.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.