Trump demite secretário da Defesa

Mark Esper, que tinha uma opinião diferente do presidente no que diz respeito a renomear as bases militares norte-americanas para retirar símbolos confederados e que tinha sido contra a ideia de enviar militares no ativo para controlar manifestações, já teria preparado a carta de demissão.

O presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou no Twitter a demissão do secretário da Defesa, Mark Esper, nomeando para o cargo o Diretor do Centro Nacional de Contraterrorismo, Christopher C. Miller.

"O Chris fará um ÓTIMO trabalho! Mark Esper foi demitido. Agradeço o seu trabalho", escreveu.

Na semana passada, os media norte-americanos tinham dito que Esper já tinha preparada a carta de demissão. Algo que é comum por altura das eleições, para dar ao presidente a possibilidade de mudar a sua Administração caso ganhe um segundo mandato.

Esper e Trump não estavam de acordo em relação a mudar o nome das bases militares norte-americanas que têm alguma ligação com a Confederação. O secretário de Defesa estaria aberto a sugestões, mas o presidente é categoricamente contra.

O secretário da Defesa estava a trabalhar com a Câmara dos Representantes para efetuar essas mudanças.

Os dois também entraram em choque em junho, em relação à ideia de enviar militares no ativo para controlar as manifestações contra a violência policial. Trump terá ficado furioso.

Esper estava o cargo desde julho de 2019, tendo sucedido a Jim Mattis. Antes tinha sido subsecretário de Estado do Exército.

Uma vez que Joe Biden venceu as presidenciais norte-americanas, a saída de Esper era só mesmo uma questão de tempo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG