Trump dá boas-vindas à candidatura de Joe Biden. "Bem-vindo, Sleepy Joe"

Presidente escreveu no Twitter uma reação mordaz ao anúncio da candidatura do vice-presidente de Obama às próximas presidenciais. Biden ainda tem de vencer a nomeação democrata.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, deu hoje as boas-vindas à candidatura do antigo vice-presidente Joe Biden à corrida presidencial de 2020, mas mostrou-se mordaz quanto às hipóteses de êxito daquele candidato democrata.

"Bem-vindo à corrida Joe adormecido (Sleppy Joe)", escreveu Trump num tweet, caracterizando de forma mordaz o candidato septuagenário que vai concorrer à Casa Branca, depois de já ter sido vice-presidente durante o mandato de Barack Obama.

Trump acrescenta: "Só espero que tenha a inteligência, há muito tempo em dúvida, para enfrentar uma campanha bem-sucedida".

O Presidente norte-americano antevê que o confronto eleitoral com aquele candidato será "desagradável", mas observa que se Biden vencer a nomeação democrata, irá "vê-lo na linha de partida".

Biden anunciou hoje formalmente sua candidatura, sendo apontado como favorito no lote de candidatos democratas para as presidenciais de 2020.

Os democratas do Senado dos Estados gémeos de Delaware e da Pensilvânia, de Joe Biden, estão determinados a apoiá-lo para presidente.

O senador de Delaware, Chris Coons, e o senador da Pensilvânia, Bob Casey, emitiram prontamente declarações de apoio por escrito a Biden, logo após o ex-vice-presidente ter anunciado a sua candidatura para 2020.

Coons, que ocupa a cadeira do Senado que pertencia a Biden, afirma no comunicado: "Joe Biden não fala apenas em tornar o nosso município mais justo, ele produz resultados".

Por seu lado, o ex-presidente norte-americano Barack Obama declarou, através de uma porta-voz, que ter escolhido Joe Biden como seu vice em 2008 foi "uma das melhores decisões que tomou".

Obama não apoiou expressamente Joe Biden, nem qualquer outro candidato, mas o facto de Obama ter divulgado uma declaração - algo que não fez em relação a outros candidatos democratas - revela a estreita ligação pessoal que tem com Biden.

A porta-voz de Obama, Katie Hill, diz que Obama se baseou no "conhecimento que tem de Biden em todas as campanhas e durante a presidência inteira".

Biden foi criado em Scranton, Pensilvânia, mas viveu a maior parte de sua vida em Wilmington, Delaware. Biden representou Delaware no Senado de 1973 a 2009.

Exclusivos