Trump convidou ex-mulher para ser embaixadora e ela recusou

Ivana Trump diz preferir a "vida perfeita" que tem nos Estados Unidos.

A primeira mulher de Donald Trump, Ivana, disse esta quinta-feira numa entrevista que teve a oportunidade de ser embaixadora dos Estados Unidos na República Checa, o seu país natal, mas que recusou o convite. De recordar que em finais do ano passado, Ivana tinha dito ao The New York Times que gostaria de ocupar este cargo.

"Ele disse 'Ivana, se quiseres, eu dou-te o lugar'", contou a mãe dos três filhos mais velhos do presidente norte-americano em entrevista ao programa CBS Sunday Morning, que irá para o ar no domingo. Mas acabou por recusar o convite: "Eu gosto da minha vida liberdade. Gosto de fazer o que quero, ir onde quero, com quem quero. E consigo sustentar o meu estilo de vida. Ok. porque razão diria adeus a Miami no inverno, adeus a Saint-Tropez no verão e adeus à primavera e outono em Nova Iorque? Eu tenho uma vida perfeita".

Na mesma entrevista, Ivana Trump contou que fala com o ex-marido todas as semanas e que já falaram sobre os tweets do presidente. "Eu disse-lhe 'acho que deves tweetar. É um novo caminho, uma nova tecnologia. E se queres passar bem a tua mensagem, sem dizer ao The New York Times, que vai deturpar todas as tuas palavras, é assim que deves passar a tua mensagem", disse Ivana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG