Tribunal da Malásia condena norte-americano à morte por enforcamento

Gerald Wayne Mickelson foi considerado culpado do assassínio da ex-mulher

Um tribunal da Malásia condenou um norte-americano à morte por enforcamento pelo homicídio da sua ex-mulher, uma decisão que será alvo de recurso, já que o homem alega ter agido em legítima defesa.

O advogado do norte-americano disse à agência de notícias Associated Press que o tribunal declarou o seu cliente, 63 anos, Gerald Wayne Mickelson, culpado do assassínio da ex-mulher, Guilda Mickelson, estrangulada em 2016.

Gerald Wayne Mickelson estava a trabalhar como consultor na Malásia, mas planeava mudar-se para as Filipinas para viver com sua nova esposa filipina.

A defesa garante que o ex-casal discutiu e que o homem agiu em legítima defesa quando a sua ex-mulher o começou a atacar.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG