Tribunal Constitucional anula resultado das presidenciais autríacas

Terá havido irregularidades na contagem dos votos

O Tribunal Constitucional da Áustria anunciou hoje a anulação do resultado das presidenciais de maio devido a irregularidades na contagem dos votos.

O ecologista Alexander Van der Bellen venceu as eleições, com 50,3% dos votos, contra o candidato de extrema-direita, Norbert Hofer.

Esta decisão sem precedentes, que valida o recurso interposto pelo partido FPO de Hofer, abre caminho à realização de novas eleições no outono.

Van der Bellen devia assumir a 08 de julho as funções presidenciais, que vão ser asseguradas interinamente pela presidência da câmara baixa do parlamento austríaco.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG