Tom Hanks e a Casa Branca: uma máquina de café para lutar pela verdade

E já não é a primeira vez que o ator tem um gesto deste género

Tom Hanks, que apoiou Hillary Clinton na campanha eleitoral, mandou entregar aos jornalistas acreditados na Casa Branca uma máquina de café para ajudá-los na busca pela verdade.

A ideia é facilitar aos repórteres o acesso à cafeína, ingrediente fundamental no esforço que têm pela frente. "Continuem a luta pela verdade, pela Justiça e pelo modo de vida americano. Especialmente a parte da verdade", escreveu o ator num recado que acompanhou a máquina de café.

Não é a primeira vez que Tom Hanks envia máquinas de café para a Casa Branca. Recorda o The Guardian que já o fez em 2004, durante a presidência de George Bush filho. E lembra o Business Insider que o mesmo também aconteceu em 2010, no primeiro mandato de Barack Obama. O The Los Angeles Times revelou então o conteúdo do bilhete: "Espero que esta máquina torne o ciclo noticioso de 24 horas mais agradável. Meter água, inserir a cápsula, carregar no botão e dar notícias. Tudo de bom. Tom Hanks".

Até agora uma das marcas do mandato de Trump tem sido a constante guerra com a comunicação social, que já apelidou de "inimigo do povo". Na semana passada, o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, impediu os repórteres da CNN do New York Times, do Los Angeles Times, do Politico e do BuzzFeed de assistiram a uma comunicação aos jornalistas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG