Ténia de 1,67 metros foi o resultado de comer sushi todos os dias

Indivíduo achou "que ia morrer". Situações destas são cada vez mais recorrentes e preocupam a comunidade médica

O caso remonta a agosto de 2017, mas só agora foi revelado por Kenny Banh, que acompanhou a situação num hospital californiano, nos EUA. Um homem tinha uma ténia, com 1,67 metros, dentro de si. Comia sushi quase diariamente.

O indivíduo queixou-se durante muitos meses de desconforto intestinal e dores, mas atribuía tudo a uma crise relacionada com gases. Estava errado e foi durante uma grave crise de diarreia que acabou por se aperceber que tinha o parasita e até o viu sair do corpo.

O episódio foi revelado no podcast de medicina This Won't Hurt a Bit.

O médico Kenny Banh relatou ainda, de forma algo gráfica, que o paciente até puxou o parasita, e que depois se sentiu aliviado quando percebeu o que se tinha passado, porque "achava que ia morrer" com as entranhas a saírem do corpo.

Estas situações não são recentes e têm merecido a atenção da comunidade médica, que tem alertado para os perigos do sushi, se não for bem preparado.

Em Portugal, no ano passado, um homem deu entrada no hospital com vários sintomas, tendo uma endoscopia revelado um verme no estômago, que foi removido, aliviando as queixas do indivíduo em questão, que tinha comido sushi antes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG