Taylor Swift quebra silêncio político e apoia democratas

Cantora usou o Instagram para sair em apoio de dois candidatos democratas às eleições intercalares de novembro. Swift explicou ainda que já não receia revelar publicamente as suas posições políticas

"Darei sempre o meu voto ao candidato que proteger e lutar pelos direitos humanos que acredito que todos merecemos", escreveu Taylor Swift no Instagram. A cantora de 28 anos recorreu àquela rede social para quebrar o silêncio político que mantinha até agora e dar o seu apoio a dois democratas nas eleições intercalares de novembro nos EUA.

Segundo Swift, houve "eventos nos últimos dois anos" que a fizeram ter vontade de partilhar com o mundo as suas posições políticas. A cantora nunca revelou em quem votou nas presidenciais de 2016, deixando espaço para que se multiplicassem os rumores segundo os quais teria dado o voto ao republicano Donald Trump e não à democrata Hillary Clinton.

Direitos dos LGBTQ

Desta vez, Swift foi clara. Criticando o racismo "aterrador e doentio" que deteta nos EUA, a cantora saiu em defesa dos direitos dos LGBTQ - lésbicas, gays, bissexuais, transgénero e queer.

No mesmo post, Swift apela ao voto em dois candidatos democratas no Tennessee, garantindo não poder apoiar Marsha Blackburn, a candidata republicana ao Senado apoiada por Trump.

O Tennessee é um dos estados essenciais em novembro. Historicamente republicano, este pode virar à esquerda. Segundo as sondagens, Blackburn estará perto de perder o lugar no Senado para o ex-governador democrata Phil Bredesen.

"Tal como fiz no passado, gostava de continuar a votar em mulheres, mas não posso apoiar Marsha Blackburn", escreveu Swift.

A sua publicação no Instagram já obteve mais de um milhão de gostos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG