Sobe para sete número de mortos em deslizamento de terras

Vítimas ficaram soterradas pela lama que caiu de uma ladeira, de 35 metros de altura.

As autoridades da Malásia elevaram hoje para sete o número de mortos num deslizamento de terras que soterrou, no sábado, 11 trabalhadores num estaleiro de obra.

Cerca de 220 operacionais da polícia, equipas de resgate e pessoal médico procuram os desaparecidos por debaixo da lama que se desprendeu de uma colina adjacente à zona de obras em Tanjung Bungah, no estado de Penang, no noroeste do país.

Um porta-voz da proteção civil confirmou ao jornal The Star que um sétimo cadáver foi recuperado a meio da manhã de hoje, juntando-se a outros três encontrados durante a noite e três descobertos pouco depois do incidente.

Os mortos são trabalhadores indonésios, bangladeshianos e birmaneses, que juntamente com os quatro desaparecidos, incluindo um supervisor malaio, ficaram soterrados pela lama que caiu de uma ladeira, de 35 metros de altura.

O diretor do departamento de Fogos e Resgate de Penang, Saadon Mokhtar, disse que o acidente aconteceu quando os operários trabalhavam nas fundações da obra.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG