Sismo de 5,5 de magnitude nas Filipinas. Há pelo menos 51 feridos

O sismo provocou o colapso do teto de uma igreja e danificou várias casas e infraestruturas.

Pelo menos 51 pessoas ficaram feridas nas Filipinas na sequência do sismo de 5,5 de magnitude na escala de Ritcher que atingiu Mindanao, no sul do país. Há registos de casas e infraestruturas danificadas, de acordo com as autoridades filipinas.

De acordo com o Instituto de Vulcanologia e Sismologia das Filipinas, o sismo ocorreu às 4:42 (21:42 de sexta-feira, em Portugal) e o seu epicentro foi localizado em Carrascal, na zona de Surigao del Sur, a 11,8 quilómetros de profundidade.

O sismo provocou o colapso do teto de uma igreja e danificou várias casas, um edifício do governo e um mercado púbico.

"Vimos pessoas a fugir das suas casas. Várias residências sofreram danos", afirmou agência France Presse Wilson Uanite, chefe da polícia de Madrid, cidade que fica perto do local onde foi registado o epicentro do sismo.

O mesmo responsável referiu que foi necessário retirar temporariamente doentes do Hospital Distrital de Madrid

O último sismo nas Filipinas aconteceu em abril. Teve uma magnitude de 6,3 na escala de Ritcher e fez, pelo menos, 11 mortos.

Recorde-se que as Filipinas estão localizadas no chamado Anel de Fogo do Pacifico, uma das zonas do mundo onde se regista maior atividade sísmica e vulcânica.

Com Reuters.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG