Sismo de 5.1 sentido no centro de Atenas

Há relatos de pessoas a correr, enquanto fugiam dos edifícios.

Um sismo de 5.1 abalou a capital da Grécia esta sexta-feira. O centro europeu de monitorização de sismos registou o epicentro a 22 quilómetros a noroeste da cidade e 13 quilómetros de profundidade.

"Um abalo forte, mas felizmente não durou muito tempo." É assim a descrição do organismo europeu, citando testemunhas no local.

Além de pessoas a correr pelas ruas, foram registados problemas nas telecomunicações e na eletricidade. Para já ainda não há registo de feridos ou danos maiores.

Segundo relatos no Twitter as pessoas saíram dos edifícios no centro de Atenas apenas por precaução.

Os 'media' locais dizem que o tremor de terra foi sentido em toda a região da Ática, que engloba a cidade de Atenas e onde vive quase metade da população do país.

Os bombeiros estão a ser chamados a vários edifícios onde pessoas estão presas em elevadores, avançam as agências, que estão a noticiar igualmente que a intensidade do tremor de terra ficou registada numa emissão em direto que estava a decorrer nos estúdios da emissora estatal da ERT.

Um segundo abalo, de menor intensidade, foi sentido alguns minutos depois.

A Grécia está localizada junto a grandes falhas geológicas e os sismos são frequentes, na maioria das vezes sem registo de vítimas.

Em julho de 2017, um sismo de magnitude 6,7 na ilha de Kos, no mar Egeu, provocou dois mortos e grandes danos materiais.

Em 1999, 143 pessoas morreram num tremor de terra de magnitude 5,9 sentido em Atenas e na região circundante.

em atualização

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG