Exército sírio acusa Israel de levar a cabo bombardeamentos

Israel e a Síria estiveram oficialmente em estado de guerra há décadas.

O exército sírio acusou hoje Israel de ter lançado durante a madrugada uma série de raides aéreos e disparos de mísseis na Síria, causando danos materiais "perto de uma posição militar".

No entanto, no comunicado hoje divulgado, o exército sírio é vago relativamente ao alvo dos referidos bombardeamentos israelitas que afirma terem ocorrido por três ocasiões durante esta madrugada.

O exército de Damasco garante ter atingido um avião israelita.

Desde o início da guerra na Síria, em 2011, Israel tem seguido com a maior atenção a evolução da situação no país vizinho.

Israel sempre teve o cuidado de não ser atraído para o conflito, mas pontualmente ataca posições do regime sírio ou comboios de armas para o grupo extremista Hezbollah, de acordo com os seus interesses.

Israel e a Síria estiveram oficialmente em estado de guerra há décadas. As relações estão tensas porque o regime sírio é apoiado pelo Hezbollah, mas também pelo Irão.

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.