Seis detidos acusados de crime de ódio contra adolescente curdo no Reino Unido

Adolescente curdo-iraquiano foi agredido numa paragem de autocarro. Grupo de agressores terá atacado quando percebeu que era requerente de asilo

Seis pessoas foram detidas pela polícia britânica por um ataque e tentativa de homicídio de um jovem requerente de asilo, na sexta-feira num centro de acolhimento de adolescentes em Croydon, nos arredores de Londres, foi hoje anunciado.

As autoridades detiveram e interrogaram quatro homens e duas mulheres, todos com cerca de vinte anos, acusados de tentativa de homicídio num ataque a um adolescente curdo-iraniano de 17 anos, que sofreu uma fratura craniana e hemorragia cerebral.

De acordo com a polícia, que está a investigar este ataque como um crime de ódio, o adolescente foi agredido junto a uma paragem de autocarro, depois de os agressores terem percebido que ele vive num centro de acolhimento.

As agressões só pararam com a intervenção de transeuntes e a chegada das autoridades.

O Reino Unido tem registado um aumento da xenofobia, expressa em ameaças, insultos e agressões, desde que o país decidiu, num referendo em junho, abandonar a União Europeia.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG