Segurança da Europa não é moeda de troca, garante Boris

Ministro dos Negócios Estrangeiros britânico está em Bruxelas para a reunião dos chefes da diplomacia da NATO.

Com desafios como a ameaça russa ou o terrorismo, "temos de financiar esta organização", sublinhou Boris Johnson hoje, à chegada à reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da NATO em Bruxelas.
O chefe da diplomacia britânica garantiu ainda que, apesar de já ter ativado o artigo 50, dando início ao processo para a saída do Reino Unido da União Europeia, Londres está "empenhada na defesa e segurança desta região - a Europa".

E explicou que a segurança do continente "não é moeda de troca em qualquer negociação".

O Reino Unido tem dois anos para chegar a acordo com a União Europeia para o chamado brexit. Os britânicos votaram a favor da saída da UE no referendo de 23 de junho de 2016.

*A jornalista viajou a convite da NATO

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG