Revelado vídeo da operação de captura de El Chapo

Imagens captadas pelas câmaras GoPro dos militares que realizaram o assalto à casa do barão da droga mexicano foram divulgadas pelos media

Quase parece um jogo de computador, mas são vidas bem reais que estão em risco. A operação de captura do barão da droga mexicano El Chapo, designada Cisne Negro, foi gravada em vídeo através de câmaras GoPro instaladas nos capacetes dos militares envolvidos. As imagens foram esta segunda-feira divulgadas pelos media mexicanos e são, no mínimo, impressionantes.

O raide foi lançado na passada sexta-feira, um dia após as autoridades terem recebido a denúncia do paradeiro de Joaquin "El Chapo" Guzman, que há seis meses andava a monte após ter fugido da prisão de alta segurança onde se encontrava.

Dezassete fuzileiros das forças de elite mexicanas foram mobilizados e tomaram de assalto a casa, na cidade de Los Mochis, onde se encontrava o barão da droga.

Houve resistência. Cerca de uma dúzia de guardas abriram fogo sobre os militares, que se viram obrigados a responder. Cinco cúmplices de El Chapo acabaram mortos e quatro pessoas, dois homens e duas mulheres, foram detidas. Uma delas era a cozinheira que estava com Guzman há dois anos, quando ele foi preso.

De El Chapo, no entanto, nem sinal.

Os operacionais passaram então a habitação a pente fino e encontraram uma passagem secreta, dissimulada atrás de um espelho. Esta dava para um túnel, que ligava ao sistema de esgotos da cidade.

Como relatou o "Primero Noticias", que teve acesso às imagens da operação policial, com cerca de 20 minutos de avanço sobre os fuzileiros, Guzman e um seu braço direito conseguiu ainda escapar através dos esgotos. Roubaram depois dois carros e tentaram a fuga.

Mas acabaram por ser capturados pela polícia federal numa autoestrada.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG