Rapto de bebé que comoveu a África do Sul acaba com detenção da mãe

A polícia acusa-a de inventar o crime. A criança foi encontrada com o namorado da detida

O rapto de Siwaphiwe Mbambo, bebé de um mês, originou uma autêntica caça ao homem na África do Sul, depois de a mãe ter dito que lhe haviam tirado a criança quando lhe roubaram o carro.

A bebé foi encontrada com o namorado da mãe, o que levou as autoridades a acusarem-na de inventar o crime, de acordo com a BBC.

A mulher de 34 anos vai ser ouvida no tribunal na próxima quarta-feira, depois de a audiência desta segunda-feira ter sido adiada porque o seu advogado não estava presente. Os dias a mais ajudarão também as autoridades a criarem um caso mais sólido.

O tribunal ordenou também que fossem feitos testes de ADN para determinar quem é o pai de Siwaphiwe.

A bebé estava com o namorado da mãe, que se encontrava com uma mulher, supostamente outra namorada do suspeito.

"Este caso falso custou-nos dinheiro e recursos que podíamos ter usado noutras situações", disse um membro das autoridades.

O rapto causou grande repercussão na sociedade sul-africana, com várias reações e pedidos nas redes sociais, bem como um grande uso de recursos policiais.

Enquanto a mãe e o pai da bebé imploravam para que devolvessem a bebé, as investigações das autoridades levaram-nas ao namorado da mulher cujas declarações nunca fizeram muito sentido, de acordo com a polícia.

De momento, a bebé está a ser tratada pelos serviços sociais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG