Quem é o treinador português que impressionou Lula?

Sérgio Vieira técnico de 33 anos da Ferroviária de Araraquara, é elogiado pelo ex-presidente do Brasil, adepto confesso de futebol, nas gravações da Lava-Jato.

Nem só de Dilma Rousseff, do Supremo Tribunal Federal, do Congresso Nacional, da Polícia Federal, de ministérios, da Receita Federal, do juiz Sérgio Moro ou de tomadas de posse fala Lula da Silva nas gravações a que foi sujeito pela Operação Lava-Jato, que investiga o escândalo de corrupção na Petrobras. Não: Lula fala também de futebol. E logo para elogiar o um treinador português - o único em todo o Brasil - ao serviço da tradicional mas modesta Ferroviária de Araraquara.

"Ouvi uma entrevista do técnico da Ferroviária, ele é português", disse Lula a Edinho Silva, influente ministro da Comunicação do governo Dilma, alto quadro do Partido dos Trabalhadores, natural de Araraquara e adepto da Ferroviária. "Fiquei impressionado com a entrevista dele, o cara é bom, como é que ele foi parar na Ferroviária?", pergunta o ex-presidente, de 70 anos, em chamada mantida em fevereiro.

O treinador que impressionou Lula chama-se Sérgio Vieira, tem 33 anos, e uma extensa carreira como observador e adjunto em clubes portugueses, após ter abandonado os relvados aos 21 anos, por sentir não ter condições de se tornar um ponta-de-lança de qualidade. Vieira, natural da Póvoa do Lanhoso mas a viver em Braga quase toda a vida, passou por Naval, Académica, Sporting de Braga, duas vezes, e pelo Sporting, onde chegou como membro da equipa técnica de Domingos Paciência, em 2011. Trabalhou também com Manuel Machado, Franky Vercauteren, Sá Pinto ou Jesualdo Ferreira, entre outros.

Em visita ao Brasil há dois anos, conseguiu emprego como responsável das camadas jovens do Atlético Paranaense, clube importante de Curitiba, a cidade da Operação Lava-Jato e do gabinete de Sérgio Moro, que tem protocolo com pequenos clubes do estado de São Paulo, como o Guaratinguetá e a Ferroviária. O português chegou a ser interino do Atlético, antes de realizar bom trabalho no Guaratinguetá e assumir, este ano, a "Ferrinha", como é conhecido o clube de Araraquara.

"A cabeça dele é boa"

No campeonato paulista, o clube está, com espanto, em posição de chegar à próxima fase e já surpreendeu os poderosos Palmeiras (venceu no Allianz Parque, em São Paulo, por 2-1, para desespero da "torcida" do Verdão) e Corinthians (empate 2-2 em Araraquara). Lula, um fanático corintiano, assistiu a tudo com atenção. "A cabeça dele é boa, é um cara diferenciado e a Ferroviária tá jogando muito, se falar com ele diz que eu elogiei", diz o ex-sindicalista. O interlocutor responde que até já disse a Vieira que se quiser pode chegar à seleção brasileira um dia e compromete-se a dar o recado de Lula.

O DN, entretanto, falou com Sérgio Vieira ontem. O técnico, dada a sensibilidade do caso, optou por não comentar. "Só estou focado no próximo jogo, com o Salgueiro, para a Copa do Brasil...", afirmou. No telefonema de Lula e Edinho, depois do treinador português, os dois passaram então a falar sobre a nomeação de ministros de Dilma.

São Paulo

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG