"Qual é o teu problema?" Michelle Obama manda recado a Trump por causa da alimentação saudável

Ex-primeira dama disse que Trump não quer saber da saúde das crianças

A ex-primeira dama dos Estados Unidos Michelle Obama criticou a decisão de Donald Trump de reverter a medida que obrigava as escolas a servirem almoços saudáveis nas cantinas. "Pensem por que motivo alguém não se importa que os vossos filhos comam porcaria", disse Michelle, durante uma conferência sobre saúde em Washington.

Durante a presidência do marido, Michelle Obama deu a cara por campanhas que promoviam a saúde, nomeadamente a saúde infantil e a luta contra a obesidade. Um dos feitos da antiga primeira-dama foi conseguir que as escolas públicas servissem pratos com baixos níveis de sódio e mais cereais integrais.

Donald Trump anulou esta medida no início do mês, segundo o The Guardian.

"Nós temos muito trabalho pela frente, com certeza, mas temos de garantir que não deixamos que ninguém nos empurre para trás", disse a ex-primeira dama. Durante a conversa, Michelle não referiu o nome de Donald Trump.

"Temos de olhar para os motivos, sabem? Têm de parar e pensar: Porque não queres que os nossos filhos tenham comida saudável na escola? Qual é o teu problema", perguntou.

Michelle disse não compreender porque este assunto é "partidário" e "político" e pediu que as mães a oiçam, mesmo que não gostem dela. "Mães, pensem nisto. Tirem-me da equação. Gostem de mim, não gostem de mim, mas pensem por que motivo alguém não se importa que os vossos filhos comam porcaria", disse.

"Aqui está o segredo: se alguém está a fazer isto, não quer saber dos vossos filhos e nós temos de exigir que toda a gente se preocupe com as crianças", continuou. "Não se metam com as nossas crianças".

Não se metam com as nossas crianças

Nas redes sociais, Michelle foi bastante criticada por estas declarações, com utilizadores a dizerem que a comida que as escolas serviam antes era horrível e que as crianças não a comiam.

"Michelle Obama, isto é o que as crianças realmente pensam sobre os teus almoços", escreveu um utilizador que publicou uma imagem de comida no lixo no Twitter.

Outro utilizador disse que a comida que as escolas ofereciam consistia numa "massa mistério".

O secretário da agricultura dos Estados Unidos, Sonny Perdue, disse que as medidas de controlo alimentar nas escolas foram revogadas porque as crianças não comiam o que lhes eram servido, segundo o The Guardian.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG