Qatar restabelece ligações diplomáticas com o Irão

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Qatar anunciou o regresso do embaixador a Teerão para exercer funções diplomáticas

O Ministério dos Negócios Estrangeiros de Doha anunciou esta quinta-feira o regresso do embaixador do Qatar ao Irão e o restabelecimento total das relações diplomáticas com Teerão.

Através de um comunicado, o ministro dos Negócios Estrangeiros acrescenta que o Qatar vai reforçar as relações com o Irão, país com quem partilha o maior campo mundial de exploração de gás.

O Qatar é governado, tal como a Arábia Saudita, por uma dinastia sunita e o Irão é um país maioritariamente xiita.

No passado dia 05 de junho, a Arábia Saudita cortou relações com o Qatar acusando Doha de apoiar grupos "extremistas" e de aproximação ao Irão.

Em janeiro de 2016, o Qatar tinha retirado o embaixador de Teerão devido aos ataques contra as missões diplomáticas sauditas no Irão, ocorridos após a execução de um dirigente xiita que se encontrava preso na Arábia Saudita.

"O Estado do Qatar anuncia hoje que o embaixador vai regressar a Teerão para exercer funções diplomáticas", diz também a nota do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Qatar.

O ministro disse ainda que "deseja reforçar as relações bilaterais com a República Islâmica do Irão, em todos os domínios".

Depois do início da crise com os países do Golfo, o emirato recorreu à Turquia e ao Irão, sobretudo para a importação de produtos alimentares.

Exclusivos